quarta-feira, 5 de junho de 2013

Indicado para o STF

CCJ do Senado sabatina Luís Roberto Barroso - conjur

 
A Comissão de Constituição e Justiça do Senado começou a sabatinar na manhã desta quarta-feira (5/6) o advogado Luís Roberto Barroso, indicado para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal, no dia 23 de maio, pela presidente da República, Dilma Rousseff.
 
 Se aprovado pela CCJ e pelo Plenário do Senado, Barroso ocupará a vaga do ministro Ayres Britto, que deixou o tribunal em novembro do ano passado ao completar 70 anos de idade.
 
A sessão da sabatina começou às 10h25. A intenção dos senadores, a depender do decorrer da sabatina, que não tem horário previsto para acabar, é submeter o nome do advogado à aprovação pelo Plenário do Senado ainda nesta quarta-feira.
 
O nome escolhido por Dilma Rousseff foi muito bem recebido pela comunidade jurídica. Em enquete feita pela revista Consultor Jurídico, na qual votaram advogados, ministros, juízes e membros do Ministério Público, Barroso foi o mais cotado para ocupar a vaga para a qual, agora, foi indicado.
 
 
Professor de Direito Constitucional da UERJ, Luis Roberto Barroso é um dos maiores formuladores de teses no Supremo, mesmo sem ser ministro.
 
Saiu vencedor em casos paradigmáticos, em que atuou da tribuna do Supremo Tribunal Federal: o reconhecimento do direito da gestante interromper a gravidez de fetos anencéfalos, a proibição do nepotismo, a legitimidade de pesquisas com células-tronco embrionárias, o reconhecimento da união homoafetiva e a rejeição da extradição do ex-militante da esquerda italiana Cesare Battisti.
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espaço acadêmico - afirme seu posicionamento!

Quem sou eu

Minha foto
são paulo, são paulo, Brazil
profissional crítico do Direito...que concilia a racionalidade com as emoções..ou pelo menos tenta....avesso à perfídia...e ao comodismo que cerca os incautos... em tempo: CORINTHIANO!!

Seguidores

Arquivo do blog

Páginas