domingo, 10 de março de 2013

Mostra Internacional de Bonecas Infláveis atrai imprensa e curiosos  - uol

 

 


 
Nesta quarta-feira (06), foi aberta a 1ª. Mostra Internacional de Bonecas Infláveis. O evento realizado em um espaço cultural na região do Brooklin, em São Paulo, fez bastante alvoroço nas mídias sociais, mas, pelo menos em sua estreia, atraiu apenas alguns poucos curiosos e jornalistas.

Na exposição é possível conhecer vários tipos de bonecas infláveis disponíveis no mercado erótico, entre elas Valentina, a Real Doll cuja virgindade está em leilão desde o início do mês.

“Desde que fundei o site, há 3 anos, todos os anos eu e meus sócios inventamos algo diferente. Primeiro foi o concurso de gemidos, depois contratamos uma testadora de produtos, e agora fizemos a mostra”, explica Rodolfo Elsas, dono do Sexônico, um site que funciona como um buscador de produtos eróticos.

Segundo ele, que comprou a Real Doll no ano passado – mas por motivos de logística só conseguiu “colocar as mãos” na mocinha de PVC e Cyberskin (material que imita pele humana) no mês de fevereiro – a ideia de fazer o leilão da boneca surgiu após o alarde causado por Catarina Migliorini, a catarinense que fez o mesmo com a sua primeira experiência sexual.

“Ao contrário da Catarina, que ainda não entregou a virgindade ao arrematador , a Valentina vai cumprir com o prometido em grande estilo, na suíte presidencial de um motel com jantar e tudo mais. O maior lance dado até agora foi de R$ 105 mil. Vamos receber os lances até o dia 31/03. A data da entrega será a combinar com o felizardo”, conta.

Depois de perder a virgindade a boneca vai virar “garota de programa” e ficará à disposição de clientes de um motel paulistano, que queiram uma “aventura” com ela. Mas o preço do “programa” é salgado, Rodolfo está pensando em cobrar em torno de R$ 1.000 por cada noite com Valentina.


“Soube do evento pelo Facebook e resolvi vir com minhas amigas. Já tive contato com eventos do tipo, mas esta mostra é diferente de tudo o que vi. Nunca tinha visto as bonecas e principalmente uma como a Valentina”, conta a publicitária Amanda Mota. A técnica contábil Iracema de Oliveira, 74 anos, foi acompanhar a filha Thais Ferreira, dona de uma loja virtual especializada no setor erótico, e gostou do que viu. “Achei divertido, mas não compraria o boneco, por exemplo. Já usei os gelzinhos com meu marido e paro por aí”, brincou.

Das cerca de 20 peças expostas, Valentina é sem dúvida a que chama mais atenção. Sentada em uma cama e rodeada por luzes, de instante em instante alguém muda seu figurino mínimo ou a coloca em alguma posição sensual.

Apesar do corpinho esguio e das articulações flexíveis, é um tanto trabalhoso lidar com a boneca, já que ela pesa cerca de 75 kg. Sua pele fria e “grudentinha” causa certa estranheza, mas ela consegue passar realismo – principalmente, se comparada às colegas infláveis, feitas totalmente de plástico, e se não repararmos em seu rosto de manequim de loja.

A exposição fica em cartaz até o próximo dia 09 no Painel Cultural, que fica na Rua Bernardino de Campos, 210, das 15h às 21h. A entrada é grátis.




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espaço acadêmico - afirme seu posicionamento!

Quem sou eu

Minha foto
são paulo, são paulo, Brazil
profissional crítico do Direito...que concilia a racionalidade com as emoções..ou pelo menos tenta....avesso à perfídia...e ao comodismo que cerca os incautos... em tempo: CORINTHIANO!!

Seguidores

Arquivo do blog

Páginas